O que é o Vem pro Bar?

Amigos butequeiros,
A razão do nosso período sabático foi um pouco mais tensa do que deixamos transparecer no twitter: fomos ameaçados de processo.  Um dos bares não gostou do que escrevemos, não aceitou a nossa oferta de “espaço de resposta”, nem nada, ele queria que o post fosse retirado.

A gente não quis brigar, porque não é esse o nosso objetivo. O que queremos é visitar os bares e contar o que a gente encontrou lá, sem ser identificado por nenhum dos donos, sem ser pago por isso. Bem assim.

Se o lugar mudou de dono, de cor de fachada, de cardápio, ou de preço, a gente não sabe. O que a gente sabe foi o que vimos, o que passamos, o que aconteceu quando estávamos por lá.

Aí, no caso do bar acima, nos sentimos forçados a retirar o post, tanto pela intimidação quanto pela falta de sentido de brigar por isso, afinal isso é um hobby e não uma profissão.

De qualquer maneira, queremos pedir desculpas pro Igor Thiago, pra Bia Salvatti, Fabiane, Jacque Arashida e pro Wellington, porque seus comentários tiveram que ser retirados juntamente com o post. Não havia nada de errado com o comentário de vocês, mas como tivemos que retirar a postagem, os comentários tinham que ir junto.

A gente espera que os donos dos bares possam levar nossas críticas numa boa. Se algo que a gente disse não é mais real, se algum dado está errado, ou se o seu bar mudou completamente, entre em contato com a gente, avise, nos convide a visitar o bar novamente. A gente é flexível o suficiente pra rever e atualizar a avaliação.

7 Comentários

Arquivado em São José dos Campos

7 Respostas para “O que é o Vem pro Bar?

  1. como assim processar vocês? vocês têm direito à crítica. ninguém pode exigir que você esconda sua insatisfação com qualquer serviço, embora toda sua autoridade se baseie exclusivamente na sua palavra.
    quer dizer, não tem como o vemprobar provar seus argumentos, só dá pra saber se o bar é bom indo lá. mas dá pra confiar nos blogueiros, especialmente quando os conhecemos pessoalmente.
    não recuem. não hesitem em compartilhar a opinião de vocês ou, como leitor, temerei estar lendo um blog que só publica crítica positiva, por medo de repressão.

  2. Douglas

    Que atitude ridicula desses caras, fala ai qual foi o bar pra eu nunca ir nesse lugar.

  3. Leandro Lima

    Deixa estar… Garanto que este bar aí não evoluirá nunca.

    Eles podiam reagir de forma diferente. Se receberam alguma crítica de vocês, podiam aceitá-las e melhorar. Depois disso convidar vocês a visitarem novamente o bar. Aí o resultado seria diferente, vocês publicariam no blog e o bar ficaria bem visto por “ouvir a opinião do cliente”. Manés!

    E quanto a vocês… Fazem um excelente trabalho. Parabéns!

  4. marcoce281

    Não pode falar o nome do bar? Pode sim. É o boemia brasil. E outra: Não cabe processo. Não se pode mais ter opinião agora? Não se pode expressá-la mais? Só pode ser piada.

    Se fosse assim, não haveria crítica de bares, restaurantes, casas noturnas (vide veja SP), esportes, cinema e música. Não haveriam revistas especializadas.

    Me parece mais fácil investir em melhorias no próprio bar do que em processos judiciais.

    A iniciativa do blog é louvável, SJC precisa desse tipo de serviço. Acho que não deviam se preocupar com esse tipo de problema. Afinal, o site não pode falar só bem dos bares. Quem nos dera se fosse assim mesmo.

    Abraços, e parabéns pelo trabalho. Nos vemos em algum bar!

  5. Cao

    Tenho lido o blog de vocês frequentemente porque achei a ideia ótima.

    Não concordo com todas as suas opiniões pois teve bares que vocês não gostaram e eu gostei, mas justamente por isso mesmo o blog é tão interessante, pois mostra a percepção de clientes normais e nos permite ver opiniões isentas. Não é porque não concordo com vocês as vezes que deixaria de ler o blog e saber suas opiniões.

    Acho um absurdo pedirem para retirar seus comentários. Estamos num país com liberdade de expressão e concordemos com as opiniões ou não, temos que respeitá-las.

    Continuem com o blog. É ótimo!!

  6. Blaffert

    Gostaria de agradecer e parabenizar o excelente serviço que vocês têm prestado aos butequeiros como eu. É triste também constatar que algumas pessoas não entendem a intensão do blog. Para mim, ele serve como referência para evitar que minha tão sagrada noite de diversão vire stress. O dono do bar em questão poderia usar o blog para corrigir os problemas e lacunas no atendimento e assim fidelizar a clientela. Creio que ao invés de processo caberia melhor um convite à uma reavaliação. Tal atitude infantil acabou por eliminar totalmente as chances de uma visita minha ao estabelecimento. Pois com tal autoritarismo, sei que lá o cliente não tem valor.

  7. Procure o blog “papo de boteco”.O Chef Julinho mete a boca falando(geralmente mal) de bares e restaurantes de SP de uma maneira bastante ácida de bem humorada(às vezes).
    Este negócio de crítica é complicado,mas em geral,quem as recebe,deve avaliar se não há um pouco de verdade.
    Se os caras estão irritados,fizeram uma propaganda negativa ,pois agora quem vier aqui vai saber que ,além de apresentar problemas,o estabelecimento não prima por senso crítico.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s